ALMOÇO COM A COMUNIDADE BRASILEIRA 2/12/2018

A paróquia de S. José convida todos os irmãos brasileiros que participam em qualquer das missas dominicais da paróquia e outros brasileiros que queiram convidar, para um almoço às 13:15h do dia 2 de Dezembro. Será no salão paroquial. Por causa da refeição será necessária inscrição que pode ser feita na secretaria da paróquia ou por e-email para: Este endereçod e email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou por telefone: 925849526 ou 239712451. Pedimos a irmãos brasileiros que queiram ajudar formando uma pequena comissão organizadora do evento que se inscrevam para tal na secretaria e depois serão convocados para uma reunião.

RETIRO DE ADVENTO PARA TODA A UNIDADE PASTORAL 2018

No domingo de Cristo-Rei, a 25 de Novembro, o P. Miguel Gonçalves Ferreira, Sacerdote Jesuíta do CUMN de Coimbra orientará uma recoleção de um dia para a Unidade pastoral de S. José — S. João Baptista, aberto a quem quiser participar. Será no espaço multiusos da paróquia de S. João Baptista e começará às 9:00 da manhã terminando pelas 17:00. O almoço será partilhado.
Para quem não tiver transporte será organizado um sistema de boleias de S. José para S. João Baptista.

MENSAGEM DE SUA SANTIDADE O PAPA FRANCISCO PARA O DIA MUNDIAL DAS MISSÕES DE 2018

«Juntamente com os jovens, levemos o Evangelho a todos»

Queridos jovens, juntamente convosco desejo refletir sobre a missão que Jesus nos confiou. Apesar de me dirigir a vós, pretendo incluir todos os cristãos, que vivem na Igreja a aventura da sua existência como filhos de Deus.
O que me impele a falar a todos, dialogando convosco, é a certeza de que a fé cristã permanece sempre jovem, quando se abre à missão que Cristo nos confia. «A missão revigora a fé» (Carta enc. Redemptoris missio, 2): escrevia São João Paulo II, um Papa que tanto amava os jovens e, a eles, muito se dedicou.

A vida é uma missão

Todo o homem e mulher é uma missão, e esta é a razão pela qual se encontra a viver na terra. Ser atraídos e ser enviados são os dois movimentos que o nosso coração, sobretudo quando é jovem em idade, sente como forças interiores do amor que prometem futuro e impelem a nossa existência para a frente. Cada um de nós é chamado a refletir sobre esta realidade: «Eu sou uma missão nesta terra, e para isso estou neste mundo» (Papa Francisco, Exort. ap. Evangelii gaudium, 273). De corações jovens, nasceram as Pontifícias Obras Missionárias, para apoiar o anúncio do Evangelho a todos os povos, contribuindo para o crescimento humano e cultural de muitas populações sedentas de Verdade. As orações e as ajudas materiais, que generosamente são dadas e distribuídas através das POMs, ajudam a Santa Sé a garantir que, quantos recebem ajuda para as suas necessidades, possam, por sua vez, ser capazes de dar testemunho no próprio ambiente. Ninguém é tão pobre que não possa dar o que tem e, ainda antes, o que é. Apraz-me repetir a exortação que dirigi aos jovens chilenos: «Nunca penses que não tens nada para dar, ou que não precisas de ninguém. Muita gente precisa de ti. Pensa nisso! Cada um de vós pense nisto no seu coração: muita gente precisa de mim» (Encontro com os jovens, Santiago – Santuário de Maipú, 17/I/2018).

GRUPO DE LECTIO DIVINA: 2018

Todas as semanas às terças-feiras às 18h. Apareça!